ENTREVISTA CONCEDIDA À TV CABLE 1, MELO/CERRO LARGO, URUGUAI.

A entrevista foi concedida durante o 1° Colóquio de Estudos Fronterizo, evento que ocorreu no Instituto de Formação Docente de Melo e que congregou alunos e professores, tanto brasileiros como uruguaios. A Cable 1 é uma empresa de TV a cabo da cidade de Melo, capital do departamento de Cerro Largo. É autorizada pelo Poder Executivo uruguaio e filiada a CUTA (Câmara Uruguaia de Televisão para Assinantes). Possui cerca de 160 canais (dos mais variados conteúdos) e é uma …

Continue lendo…

APRESENTAÇÃO DO LIVRO “O SOLO DA LIBERDADE” EM MELO, URUGUAI

Entre os dias 6 e 7 de outubro de 2017, no Instituto de Formación Docente Dr. Emílio Oribe, em Melo/Uruguai, aconteceu o 1° Coloquio de Estudos Fronterizos, evento que congregou pesquisadores brasileiros (Bagé, Jaguarão) e uruguaios (Rivera, Melo, Rio Branco). Neste evento tivemos a oportunidade de, pela primeira vez, apresentar nossa pesquisa de mestrado em território uruguaio. Em “O Solo da Liberdade” analisamos as trajetórias da preta Faustina e do pardo Anacleto, indivíduos que foram …

Continue lendo…

RESENHA DO LIVRO “O SOLO DA LIBERDADE” NA REVISTA AFRO-ÁSIA DA UFBA

A resenha foi escrita pela historiadora, licenciada e mestra em História pela UNIRIO, Rachel Caé. O livro “O Solo da Liberdade” foi originalmente apresentado como dissertação de mestrado no PPG em História da Unisinos (São Leopoldo/RS), no ano de 2010. Teve orientação do Prof. Dr. Paulo Roberto Staudt Moreira. A banca foi composta pelos seguintes professores: Dra. Keila Grinberg (UNIRIO), Dra. Eliane Fleck (UNISINOS) e Dr. César Augusto Barcellos Guazzelli (UFRGS). O livro foi publicado …

Continue lendo…

Entrevista concedida à Rádio Cultura 107.7 Porto Alegre/RS

Neste domingo, 20 de setembro, estaremos relembrando mais uma vez o evento histórico mais conhecido e propagado de nossa cultura: a Guerra dos Farrapos (1835-1845). É uma ótima oportunidade para apresentarmos uma visão crítica do acontecimento e também refletirmos sobre as consequências do mesmo para nosso presente. É engraçado – e triste – que num momento de crise econômica pelo qual passa o estado, que mostra todos nossos limites e fraquezas, ainda há quem insista …

Continue lendo…

CRÍTICO DE CINEMA ESCREVE TEXTO SOBRE “O SOLO DA LIBERDADE”

Instituto da Escravidão entre Fronteiras. Lá pelas tantas da introdução de seu livro O solo da liberdade (2013), o historiador brasileiro (sulista) Jônatas Marques Caratti anota: “Meu pai, Jorge Gonçalves Caratti, é natural de Dom Pedrito, mas viveu sua infância, adolescência e parte da juventude em Santana do Livramento. Desde pequeno, me acostumei a ouvir suas histórias sobre a fronteira.” Jônatas nasceu em Porto Alegre, aonde seu pai veio parar no início dos anos 70 …

Continue lendo…